COMO FAZER VENDAS ONLINE NAS REDES SOCIAIS

Uma das maneiras mais corriqueiras do consumidor ter acesso à sua marca é através das redes sociais, como Instagram, Facebook, Youtube.

Muitas marcas, inclusive, surgem nas redes sociais e constatam a necessidade de expandir seu negócio através das lojas virtuais para profissionalizar seu negócio e atingir uma demanda maior de consumidores.

Neste post, vamos te dar dicas de como vender nas redes sociais.

Mantenha a frequência de postagem de conteúdo

Gerar conteúdo de qualidade nas redes sociais torna-se um elo direto à procura do seu produto ou serviço. Por isso, crie uma interação e vínculo com os seguidores, mostrando os bastidores da confecção dos produtos, contando um pouco mais da história da marca.

Intercale fotos profissionais, de campanha, editadas, com fotos reais, com clientes usando o produto ou dando seu depoimento sobre os benefícios do serviço.

Interaja com o público, divida seu conhecimento, mostre que sua empresa tem autoridade sobre os assuntos postados, e que seu produto ou serviço tem alto valor agregado.

A humanização e aproximação das pessoas com sua empresa é muito importante para prospectar novos clientes. Por isso, crie uma agenda com datas programadas para cada postagem.

A princípio, pode soar exagero, porém lembre-se que para trazer resultados significativos é preciso profissionalizar suas redes e transmitir isso para sua audiência.

Portanto, mantenha a frequência de conteúdo com as novidades da sua empresa, mas cuidado para não fazer conteúdo repetitivo e provocar efeito contrário ao pretendido. Neste caso, cansando a audiência e a repelindo de suas redes.

Seja autêntico na identidade visual de suas redes

Para ganhar dinheiro com vendas online e destacar sua marca de produtos ou serviços é preciso manter a autenticidade em tudo que é postado.

Atribuir uma identidade visual com uma assinatura própria, marca registrada, é fundamental para criar laços de familiaridade do público com sua marca.

Essa marca registrada não se resume a um logo diferente, um slogan impactante. Mas sim, tudo que compõe a unicidade daquela marca.

A forma como os produtos são postados, os tipos de imagens, os stories (tem alguma fonte específica, uma cor sempre utilizada, um filtro sempre usado?), como está disposto o feed.

Esses detalhes não podem passar despercebidos, já que eles ativam gatilhos mentais importantes que convertem em venda.

Por fim, é importante criar também hashtags que dão estímulo a algum movimento nas redes, ou apenas traduzem a assinatura da sua empresa. Quando seu público consumidor olhar determinada postagem já saberá que aquele produto é de sua marca.

Estenda suas redes

Quanto maior o leque de presença online que sua empresa fizer, maior a visibilidade e alcance de suas vendas. Por isso, é interessante promover sua empresa em várias redes, adaptando a linguagem e as ferramentas adequadas a cada um.

Tenha constância e dedicação em todas as redes selecionadas. Não subestime as redes sociais, caso no início as publicações de conteúdo online não revertam em venda. Isso não significa que sua empresa não está sendo vista.

Talvez seu público não seja assíduo daquela rede social que você está investindo mais tempo e estratégia. Por isso, é importante diversificar suas redes e dedicar-se 100% a cada uma delas.

Com o tempo, você dimensionará com maior precisão que tipo de rede e estratégia converte mais para seu negócio.

Invista em marketing

Quem está inserido no meio digital há mais tempo sabe que, para se destacar, é essencial criar estratégias de marketing para atrair clientes. Por isso, reserve um orçamento para investir em marketing.

Inicialmente, as estratégias podem ser dedicadas a tráfego orgânico, menções e compartilhamentos, e posteriormente investimento em anúncios, lista de e-mails.

Outra estratégia muito utilizada pelas empresas é a contratação de influenciadores digitais. Essas pessoas poderão divulgar sua marca inserindo seu produto naturalmente no seu dia a dia, poderão criar sorteios, e contar a experiência que tiveram com o produto ou serviço.

Vejamos um exemplo: uma empresa de turismo, para divulgar e vender seus serviços de pacotes de viagens, pode elaborar um roteiro diferenciado, com passeios exóticos, lugares exclusivos que só quem conhece bem o destino tem acesso, culinária especial.

A partir disso, contrate um casal de influenciadores ou um grupo de amigas influenciadoras e divulgue sua empresa através desta viagem única. Ao postar fotos, vídeos, aproveite para deixar sua empresa em evidência.

Esse tipo de estratégia para produção de conteúdo pode fomentar suas vendas. Mas para isso acontecer é necessário selecionar os influenciadores que “conversam” com seu público, seu nicho de mercado.

Venda com Social Commerce

Seja qual for sua rede social utilizada como ferramenta de venda, lembre-se de simplificar a compra para o consumidor. Ao postar um produto, deixe claro suas características, especificações e preço.

Em meio ao imediatismo inerente ao universo digital, é fundamental integrar o e-commerce às redes sociais, como uma loja virtual dentro da rede. O Instagram, por exemplo, possibilitou tags para fotos, com nome do produto e preço que direciona o consumidor ao e-commerce da marca.

Além disso, é viável colocar o link do ecommerce diretamente na bio do perfil do Instagram, ou seja, no topo do feed onde encontram-se as descrições do perfil do usuário.

Redes sociais são facilitadoras

Finalmente, cabe enfatizar que as redes sociais servem como ferramentas que irão  facilitar suas vendas online. Quanto mais criativo for seu conteúdo online, mais acessível, interativo, maior o engajamento e conversão em vendas. 
Facilite o alcance de seu produto ou serviço. O imediatismo digital predispõe a compra com apenas um clique. Por isso, saber como vender pelo Instagram, como vender pelo Facebook, Youtube e outras redes é elementar.

Rolar para cima